Home » Documentação » Informações para Desenvolvedores » Temas multilíngues personalizados

Temas multilíngues personalizados

Este guia mostra como criar temas multilíngues para WordPress. A criação de um tema multilíngue exige mais do que simplesmente envolver todos os textos em chamadas GetText e prover um arquivo .mo. Traduzir os textos do tema é um passo importante, mas existem outras coisas a serem feitas.

Um tema para sites multilíngues precisa exibir os idiomas disponíveis, permitir a seleção de idiomas para visualização e exibir cada idioma corretamente.

Aqui estão as coisas que você precisará fazer:

  1. Prover tradução para diferentes idiomas.
  2. Permitir que os usuários troquem de um idioma para outro.
  3. Retornar o conteúdo correto para o idioma.
  4. Informar ao WPML o que precisa de tradução.

Preparar o tema para tradução

Para que o tema seja exibido em diferentes idiomas, os textos precisam passar por tradução antes de serem exibidos. O WordPress usa GetText para isso e seu tema deve fazer o mesmo.

Escrevemos um post sobre a localização de temas WordPress. Ele explica como colocar os textos do tema em chamadas GetText, criar traduções (arquivos .mo) e aplicá-las ao tema.

Alternando entre diferentes idiomas

Um seletor de idiomas mostra aos visitantes quais idiomas estão disponíveis e permite que eles escolham.

Seletores de idiomas podem ser de diferentes formas. Algumas pessoas preferem um menu suspenso compacto. Algumas exibem a bandeira do país e outras mostram listas verticais ou horizontais.

O WPML facilita a implementação de seletores de idiomas. Ele vem com seu próprio seletor de idiomas suspenso que pode ser incluído como um widget. Esse seletor de idiomas pode exibir bandeiras de países, nomes de idiomas e suas traduções. Ele pode ser configurado no menu WPML->Idiomas.

Você também pode criar seu próprio seletor de idiomas personalizado e inseri-lo em diferentes lugares do tema. A página seletor de idiomas personalizado explica como você pode criá-lo e contém alguns exemplos de uso comum. Adicionar um seletor de idiomas personalizado ao seu tema pode mostrar elegância e deixar evidente para os usuários que o tema foi feito para sites multilíngues.

Obter o conteúdo no idioma correto

Muitos temas incluem links diretos para páginas, categorias e tags.

O WPML utiliza as funções padrão da API WordPress e filtra por idioma.

Por exemplo, quando você chama:

$args = array( 'category' => 1 );
$myposts = get_posts( $args );

Suponha que categoria “1″ é uma categoria em inglês e que a tradução para espanhol é a categoria “4″. Quando uma página em espanhol for visualizada e executar esse código, O WPML vai substituir o número da categoria no filtro por 4.

Para que isso ocorra, seu código precisa usar somente chamadas à API WordPress e não atualizar o banco de dados diretamente (o que é uma má prática).

Você pode controlar essa funcionalidade em WPML->Idiomas. Procure a opção para ajustar IDs automaticamente.

Informar ao WPML o que precisa de tradução

O WPML pode ler um arquivo de configuração de idioma. Esse arquivo diz tudo o que ele precisa saber sobre seu tema.

Isso inclui textos da interface administrativa, campos e tipos personalizados que você estiver utilizando.

Quando você criar esse arquivo XML, o WPML irá configurar-se automaticamente e permitir que os usuários executem um site multilíngue sem clicar em nenhuma tela de configuração.