Então, você quer ter um site com WPML usando a opção de diferentes domínios por idioma?

Há algumas vantagens importantes em usar diferentes domínios em seu site que vão muito além das aparências.

Algumas pessoas preferem acessar um site com um domínio que parece vir de seu próprio país, e isso pode fazer com que eles se tornem visitantes fiéis de seu site. Há também um tipo de vantagem na SEO, porque você pode usar os domínios para atingir melhor seus usuários.

A configuração de diferentes domínios por idioma é realizada na página WPML -> Idiomas.

A configuração de diferentes domínios por idioma é realizada na página WPML -> Idiomas.

 

Primeiro, vamos ver exatamente o que isso significa na prática.

Por exemplo, digamos que você queira ter os idiomas inglês e alemão com o WPML e a opção de diferentes domínios por idioma.

Você tem duas opções ao configurar idiomas por domínio:

  • Diferentes domínios

Por exemplo, se você tem dois domínios – example.com para seu site em inglês, e example.de para seu site em alemão – essa é a opção que deve usar.

example.com > inglês

example.de > alemão

  • Subdomínios

Você também pode usar subdomínios, como: en.example.com para seu site em inglês e de.example.com para seu site em alemão.

en.example.com > inglês

de.example.com > alemão

Então, a questão agora é como fazer isso. A resposta depende de dois componentes principais da configuração de seu site:

  • Seu servidor DNS
  • Seu servidor HTTP (Apache, Nginx, etc.)

Configurando seu servidor DNS

Configuração manual

Configurações de DNS com domínios de primeiro nível

Se você tem diferentes domínios de primeiro nível (example.com, example.de), você precisa primeiro configurá-los para ter os servidores DNS autoritativos adequados. Isso geralmente é feito no painel de configurações fornecido pela empresa de quem você comprou o domínio.

Quando você tiver adicionado o domínio, você precisa criar um registro em seu servidor DNS que aponte para seu servidor HTTP. Em termos simples, o servidor precisa saber quais dados deve fornecer aos seus usuários, já que estão em um domínio específico. Se eles acessam o domínio .de, você quer que o servidor mostre a eles a versão alemã de seu site.

Se você tem seu próprio servidor DNS, você pode (e o melhor é) criar um “Registro A” para seu outro domínio que aponte para seu servidor.

Há dois registros diferentes que você pode usar.

  • Registro A – você especifica o IP de seu servidor – essa é uma solução boa e rápida
  • Registro CNAME – você especifica o nome de domínio de seu servidor – um pouco lento, mas é bom se você troca com frequência os endereços IP do servidor.

Lista de registros. Suas telas para configuração de domínios de primeiro nível podem ser diferentes.

Lista de registros. Suas telas para configuração de domínios de primeiro nível podem ser diferentes.

Configurações de DNS com subdomínios

A configuração para subdomínios é fácil! Você só precisa criar um registro A ou CNAME adicional em seu servidor DNS e apontá-lo para o mesmo IP ou domínio de servidor HTTP / HTTPS.

Suas telas de configuração de subdomínios podem ser diferentes

Suas telas de configuração de subdomínios podem ser diferentes

Observe que, após concluir essas configurações, você precisa continuar na parte “Configurando seu servidor HTTP” deste guia.

Configuração no cPanel

Usar o cPanel adiciona automaticamente as entradas de DNS e HTTP necessárias, então você precisa fazer apenas isso a fim de preparar seu servidor.

Configurando domínio de primeiro nível

Na maioria dos casos, a parte do seu cPanel que você precisa utilizar se parece com isso.

domains.cpanel

Você pode usar dois tipos de métodos para acrescentar seu domínio adicional:

  • Domínio estacionado – estacionar o nome de domínio adicional – esta é a melhor opção, visto que usa o mesmo caminho para seu site nas configurações de http.Tela de domínio estacionado
  • Domínio Add-on – você deve ter o cuidado de especificar a pasta com sua instalação atual do WordPressTela de domínio Add-on

Após ter feito isso, você pode acessar agora a parte “Concluindo a configuração” deste guia.

Todas as configurações para seu Apache e DNS serão criadas e adicionadas pelo cPanel e tudo deve funcionar.

Configurando os subdomínios

Para usar uma configuração de subdomínios, você precisa selecionar o ícone de subdomínios no menu do cPanel.

Ao criar um subdomínio, você deve apontá-lo para onde seu WordPress foi instalado antes para que funcione com a opção “Domínio diferente por idioma” no WPML.Tela de subdomínios

Após ter feito isso, você pode acessar agora a parte “Concluindo a configuração” deste guia.

Todas as configurações para seu Apache e DNS serão criadas e adicionadas pelo cPanel e tudo deve funcionar.

Certifique-se de que todos os domínios apontem para a mesma pasta raiz do WordPress após conferir novamente a configuração.

Configurando seu servidor HTTP

Muito bem, agora chegamos à segunda parte mais importante da configuração – quando você está usando um servidor que pode administrar.

Para que as suas configurações possam funcionar, você precisa criar uma entrada em seu servidor Web que reconhecerá o nome do domínio (ou nome do subdomínio) que você acabou de adicionar e para o qual apontou em seu servidor DNS.

Se você administra seu próprio servidor, é muito fácil – você precisa apenas adicionar o alias de servidor à sua configuração atual.

Abaixo há um exemplo usado para a configuração do servidor Apache.


 DocumentRoot "/var/www/www.example.com/webroot"

  ServerName example.com

  ServerAlias example.de

...

É só isso que precisa ser adicionado. Fácil, não é?

Também é fácil configurar isso no servidor Nginx.

server {
        server_name example.com;
        ...
}
 
server {
        server_name example.de;
        ...

Não importa qual caminho você escolha, o mais importante a considerar é que a configuração de alias deve toda ela apontar para a mesma pasta física onde seu WordPress está sendo instalado.

Concluindo a configuração

Quando você tiver com tudo isso pronto, você pode alterar as configurações em “WPML -> Idiomas” para “Diferente domínio por idioma“. Quando você preencher as informações necessárias (o outro domínio ou subdomínio), seu domínio deverá ser validado ao clicar no botão Salvar. Você será avisado caso haja problemas com a validação, e todas as configurações que você tiver feito serão salvas.

Depurando

Se você ainda tiver problemas com a nova configuração, é melhor habilitar a depuração no WordPress. Você pode fazer isso adicionando o seguinte código ao arquivo wp-config.php de seu site WordPress.


// Turn debugging on

define('WP_DEBUG', true);



// Tell WordPress to log everything to /wp-content/debug.log

define('WP_DEBUG_LOG', true);



// Turn off the display of error messages on your site

define('WP_DEBUG_DISPLAY', false);



// For good measure, you can also add the follow code, which will hide errors from being displayed on-screen

@ini_set('display_errors', 0);

Daí você precisa monitorar o arquivo de registro que será criado em /wp-content/debug.log quando você salvar as opções de domínio no WPML.

Você também pode monitorar a resposta admin-ajax.php no console de seu navegador (pressione F12 em seu teclado para mostrar o console). Com base na saída do console e no registro de ../wp-content/debug.log – você pode desabilitar plugins não essenciais do WordPress para tentar encontrar a fonte do problema.Exemplo de console de navegador

Se você ainda tiver problemas, é melhor entrar em contato com um de nossos especialistas aqui nos fóruns do WPML.


 

George Botsev

George Botsev

Sou um cara geek, que gosta de Jornada nas Estrelas, computadores, e outras coisas de nerd. Meus outros interesses se relacionam principalmente com TI, administração de sistemas, eletrônica, software de código aberto, hardware de fonte aberta, fotografia e música.

Tenho mais de 10 anos de experiência com WordPress e também cerca de 10 anos de experiência profissional com TI e administração de sistemas.

Meu principal trabalho sempre foi depurar problemas, e desde setembro de 2014 faço parte da equipe de suporte do WPML e ajudo alguns de vocês nos fóruns a resolver seus problemas.