Skip Navigation
Originalmente escrito em
junho 25, 2018
Atualizado
outubro 12, 2020

O WPML lhe permite traduzir todo o conteúdo, inclusive o que vem de campos personalizados. Ele já vem compatível com plugins muito utilizados como ACF e Toolset e deixa você escolher quais campos personalizados traduzir quando os cria manualmente.

Campos personalizados originários de plugins e temas

Quando campos personalizados vêm de plugins ou temas, na maioria das vezes, você não precisa configurar nada para traduzi-los. Os campos “aparecerão sozinhos” com as páginas que estiver traduzindo. Isso se aplica a campos personalizados vindos do ACF, Toolset e outros temas e plugins muito utilizados.

  1. Configure os campos personalizados usando ACF ou Toolset, ou use um tema/plugin que inclua campos personalizados.
  2. Envie conteúdo para tradução (clicando nos ícones + ou pelo WPML Translation Management).
  3. O editor de tradução apresentará todo o conteúdo presente na página, inclusive os campos personalizados.
  4. O WPML salva cada tradução no lugar certo sem qualquer necessidade de configuração.

Indicação dos campos personalizados a traduzir

Caso configure campos personalizados usando sua própria programação em PHP, ou se estiver usando um tema ou plugin que não implementou total integração com o WPML, você deve indicar quais campos personalizados devem ser traduzidos.

Para poder traduzir campos personalizados, é preciso defini-los como “traduzíveis” no WPML. Há duas maneiras de fazer isso:

  • Ao editar conteúdos com campos personalizados, na caixa Configuração de conteúdo multilíngue.
Definição do campo personalizado como “traduzível” ao usar o editor de blocos
Definição do campo personalizado como “traduzível” ao usar o editor de blocos
Definição do campo personalizado como “traduzível” ao usar o editor clássico
Definição do campo personalizado como “traduzível” ao usar o editor clássico
  • Acessar WPMLConfigurações e usar a seção Tradução de campos personalizados mais abaixo na página.

Há quatro opções para escolher:

  • Não traduzir — o campo não fica disponível para tradução.
  • Copiar — o valor do campo é copiado do idioma original e mantido em sincronia com ele.
  • Copiar uma vez — o valor do campo é copiado do idioma original mas pode ser alterado depois. Após a primeira cópia, não haverá sincronização com o idioma original.
  • Traduzir — permite a tradução manual dos valores de campo.

Se você não for fazer a tradução por conta própria, é preciso reenviar todos os conteúdos que tenham esses campos personalizados para serem traduzidos novamente.